sábado, 22 de julho de 2017

QUANDO AS HISTÓRIAS SE JUNTARAM NUMA SÓ DIMENSÃO

Ontem passei uma tarde linda com as crianças da Escola Dimensão, em Charqueadas (RS). E quando estou com os pequenos é assim, uma história puxa outra... 
E a história se desenrolou mais ou menos assim: O Tião, que é um menino muito gritão, aprendeu através de uma música que a mãe ensinou, que existe um doce que a gente come no palito e se chama pirulito. O Tião e a mãe moram ao lado de um sítio onde mora um "Galinho Apressado" que certa vez se engasgou com um grão de milho. A dona Galinha, esposa do Galinho, precisava de manteiga pra passar no bico do galinho. Para conseguir a manteiga, que estava em falta, a dona Galinha precisou conseguir pasto verdinho para que a vaca pudesse produzir leite. Para que o dono do sítio pudesse cortar o pasto, dona Galinha foi pedir uma foice emprestada para o ferreiro que morava ali perto. A foice era igual à da morte que queria levar o Zé Malandro embora, mas que foi enganada por ele. Para ajudar a dona Galinha a salvar o galinho, eu e as crianças da Escola Dimensão pedimos ajuda também a um pagé, que até nos ensinou uma linda dança chamada "Toré do arco íris". No final das histórias, tudo deu certo. Mas o Galinho continuou apressado e o Tião continuou um gritão!! 
Gratidão pelo carinho, pela acolhida, pela expectativa plantada nos coraçõezinhos das crianças!! Gratitude aos pequenos, às professoras, equipe diretiva, funcionárias  e pais que possibilitaram o encontro!! 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

sexta-feira, 21 de julho de 2017

REINAUGURAÇÃO DA BIBLIOTECA JOSUÉ GUIMARÃES

Muito feliz em participar da reinauguração da Biblioteca Josué Guimarães, da Escola Dimensão, em Charqueadas. Foi um prazer gigantão passar o dia com as crianças e jovens da escola, suas professoras e gestores. Um dia inteiro dedicado à leitura literária. Uma Biblioteca reorganizada com a ajuda de pais, professores e alunos, revitalizada para ser um espaço de encontro amoroso com as histórias. Esses momentos são os que alimentam nossas utopias enquanto educadores!! Vida longa à Biblioteca Josué Guimarães e que os livros estejam sempre em boas companhias!! 
 
 
 
 
 

A DIMENSÃO DA LEITURA

Hoje pela manhã estive com os alunos da Escola Dimensão, em Charqueadas (RS), para conversar sobre a importância da leitura. Penso que apresentei bons argumentos para se ler. Espero que as sementes jogadas encontrem solo fértil, acredito que encontrarão.
Apresentei as narrativas de três grandes poetas: Mário Quintana, Manoel de Barros e Eduardo Galeano. Com eles a galerinha descobriu que poesia pode ser escrita em prosa e que cada escritor tem um modo muito próprio de escrita. Depois brincamos de identificar a linguagem poética de cada um e ainda fizemos um quiz sobre o nosso querido Mário Quintana. Todo mundo recebeu uma sementinha em forma de poesia para deixar esse dia guardado na memória. Foi tão lindo!! E foi tão emocionante participar junto com eles da reinauguração da Biblioteca Josué Guimarães!!
Manhã maravilhosa que terminou com o convite para eu voltar. É muito bom encerrar uma atividade com olhinhos brilhando perto da gente!! No fim da manhã ainda autografei a Coletânea Literatura Sentimentos & Razões. Estar com pertinho dos estudantes, participar da reinauguração de uma biblioteca e incentivar a leitura é bom demais.
Gratitude aos alunos, à equipe diretiva, às professoras, funcionárias  e especialmente à professora Fátima Reis, que foi quem fez o convite. A Fátima foi minha professora de história e deixou marcas importantes para a minha caminhada!! 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

quinta-feira, 20 de julho de 2017

UM LINDO DIA PARA VIVER A COOPERAÇÃO EM GENERAL CÂMARA

Faz nove anos que integro o Programa “A União faz a Vida”, um programa que se dedica a desenvolver cidadãos mais cooperativos por meio de valores como a cidadania, a cooperação e a solidariedade. Hoje tive o prazer de participar de uma primeira aproximação do Programa com os professores do município de General Câmara, cidade onde nasci e cresci. Uma alegria imensa estar com a equipe do programa dialogando com os professores, estagiários e funcionários das escolas da rede municipal, muitos meus contemporâneos e colegas de escola.
Penso que o início, a chegada do Programa, é sempre um pouco nebuloso para o grupo que o recebe, pois o programa apresenta uma metodologia diferente, uma nova forma de trabalhar, que parte da curiosidade e da participação de toda a comunidade (gestores, professores, alunos, funcionários, pais e quem mais estiver por perto, disposto a participar).  É um desafio, um desacomodar, um convite a não apenas ensinar, mas também aprender o tempo todo, nas trocas, vivências e parcerias. Um convite também para aprender mais sobre e a valorizar o lugar onde estamos.
As primeiras sementes foram lançadas, através do movimento amoroso, que desacomoda sim, mas também provoca e convida. As informações chegarão aos poucos e o trabalho será construído em parceria, porque a ideia é valorizar as pessoas e seus saberes e não impor o conhecimento de uns sobre os outros. Que possamos seguir juntos, aprender juntos, crescer juntos!! 
Foto: Léla Mayer

Muitos parceiros para compartilhar sonhos
Foto: Léla Mayer
Abrindo um dia de muitos trabalhos
Foto: Iolanda Souza 
Foto: Iolanda Souza 
Foto: Iolanda Souza
Narração Oral
Foto: Iolanda Souza
Conversando sobre a metodologia do Programa
Foto: Iolanda Souza
Conversando sobre a metodologia do Programa 
Foto: Iolanda Souza 
Danças Circulares: celebrando a união
Foto: Fabiana Bartholomay
Danças circulares: o meu espaço e o espaço do outro
Foto: Fabiana Bartholomay
Expedição Investigativa
Foto: Fabiana Bartholomay
Apresentando as descobertas da expedição 
Foto: Léla Mayer
Apresentando as descobertas da expedição
Foto: Léla Mayer
Apresentando as descobertas da expedição
Foto: Léla Mayer
Costurando os achados do percurso
Foto: Fabiana Bartholomay
Histórias para tecer sentidos 
Foto: Fabiana Bartholomay
Narrando e explodindo de emoção 
Foto: Fabiana Batholomay
Alegria da despedida
Foto: Fabiana Bartholomay
Equipe maravilhosa de trabalho
Da esquerda para a direita: Rodrigo Corrêa Rodrigues, Léla Mayer,
Fabiana Bartholomay, Cris Biscaino e Andrea Wagner 
Foto: Fabiana Bartholomay 

terça-feira, 18 de julho de 2017

SOB O SOL DE TOSCANA (FRASES DE FILMES QUE VI E AMEI)




"Dizem que assentaram os trilhos nos alpes entre Viena e Veneza antes que houvesse trem para fazer o trajeto. Mas mesmo assim construíram, eles sabiam que um dia o trem chegaria. O menor desvio no meio do caminho e eu estaria em outro lugar, eu seria diferente. Afinal, o que são quatro paredes? A casa é o seu morador. A casa protege o sonhador. Coisas inesperadamente boas podem acontecer até no último momento" (Frances Mayes, personagem central do filme "Sob o sol de Toscana).

segunda-feira, 17 de julho de 2017

A ESPERANÇA EM SOBRE O SOL DE TOSCANA (FRASES DE FILMES QUE VI E AMEI)

Entre a Áustria e a Itália, há uma parte dos Alpes chamada Semmering. É uma parte incrivelmente difícil de subir, muito alto das montanhas. Eles construíram um trilho nestes Alpes para ligar Viena e Veneza, mesmo antes de existir um trem que pudesse fazer a viagem. Mas eles construíram porque sabiam que, algum dia, o trem chegaria.